Jogando contra o Operário/PR na Arena Batistão, na noite desta segunda-feira, 11, o Confiança desperdiçou a chance de cravar a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. E pior, perdeu a partida por 2 a 1 e viu a sua situação ficar mais perigosa até o final da competição – considerando que nas três últimas rodadas a equipe sergipana encara adversários que disputam posições na parte de cima da tabela.

O início de partida do Dragão foi como planejado. A equipe azulina, mesmo sem um dos seus principais jogadores no meio de campo, Guilherme Castilho, que está lesionado, conseguiu criar boas chances e abrir o placar. Iago, com a camisa 10, partiu sozinho pela esquerda, driblou a marcação dupla e bateu de canhota entre as pernas do goleiro do Fantasma: 1 a 0 Confiança.

Após o gol do Confiança, a configuração da partida se tornou perigosa para os donos da casa. O Operário passou a ter domínio no meio de campo e a levar perigo ao gol azulino, principalmente nas jogadas de escanteio. E foi assim que o Fantasma chegou ao empate no início da segunda etapa. Marcelo cruzou fechado e o atacante Ricardo Bueno, dentro da área, veio de trás para marcar: 1 a 1.

Com a proposta de jogo encaixada, o Operário continuou pressionando o Confiança. Nem mesmo as mudanças promovidas pelo técnico Daniel Paulista alteraram o panorama do jogo. Já nos acréscimos, em novo escanteio, Rafael Chorão cruzou no fundo da área e encontrou Reniê que, livre de marcação, escolheu o canto e virou a partida para os visitantes: 2 a 1. O gol foi o último ato da partida.

O Confiança terá agora pela frente, nas últimas quatro partidas do campeonato, o duelo contra o lanterna Oeste, no próximo sábado, 16, e na sequência o Sampaio Corrêa, América/MG e Chapecoense. O time azulino permanece momentaneamente na 14ª colocação, com 42 pontos, seis de distância do Figueirense, primeira equipe na zona de rebaixamento.

Foto: Luiz Neto/ADC

Deixe uma resposta