Nessa terça-feira, 2, policiais militares do Pelotão de Polícia Ambiental notificaram um morador do Bairro Aeroporto, em Aracaju, pelo crime ambiental referente ao cativeiro ilegal de 23 aves silvestres.

O flagrante foi realizado após a denúncia de que um morador daquele bairro mantinha um cativeiro ilegal de aves silvestres na Travessa Nossa Senhora da Paz.

A partir dessa informação, os policiais do Pelotão Ambiental constataram que 23 pássaros vinham sendo expostos em gaiolas, na frente de uma residência.

O morador, um homem de 52 anos, assumiu a propriedade das aves, mas, como não apresentou autorização dos órgãos ambientais para manter os animais em cativeiro, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e responderá pelo crime ambiental.

As aves apreendidas não apresentavam sinais de domesticação e foram soltas no seu habitat natural.

Deixe uma resposta