Adriano aparece num vídeo conversando com os trabalhadores e combinando o protesto

Foto: Rede Social/Reprodução

A Polícia Militar prendeu em flagrante o ex-vereador Adriano Oliveira Pereira, conhecido popularmente como “Adriano Taxista”, acusado de incitar os atos contra o sistema de transporte da Grande Aracaju. A informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), na tarde deste sábado (27).

Depois de preso, Adriano Oliveira foi encaminhado à Central de Flagrantes, da Polícia Civil, que adotou as providências legais cabíveis ao caso. 

A Polícia Militar esteve reunida, no final da manhã de hoje, com os representantes das empresas do transporte coletivo de Aracaju e com a Guarda Municipal para garantir a retomada do serviço essencial à população.

Segundo a Polícia Militar, foram registrados diversos atos violentos contra os veículos e ameaças contra os rodoviários que se negavam a parar os coletivos e deixar a população desprovida de um serviço extremamente essencial na volta para casa em um momento complexo da pandemia da Covid-19, após o dia de trabalho. Ainda segundo a corporação, “passageiros tiveram que descer dos veículos também sob ameaça de incêndio nos coletivos. O ex-vereador Adriano Taxista incitou os atos contra o sistema de transporte da Grande Aracaju”.

Ex-vereador foi conduzido à central de flagrantes. Foto: F5News

De acordo com a Polícia Civil, foi feito o auto de prisão em flagrante de Adriano Oliveira Pereira. Ele será indiciado pelos crimes previstos nos artigos 265 – que dispõe sobre o atentado contra a segurança ou funcionamento de serviços de utilidade pública – e 268 – que refere-se à infração de determinação do poder público destinada a impedir a introdução e a propagação de doença contagiosa. Ambos os artigos estão dispostos no Código Penal. Os atos, induzidos por “Adriano Taxista”, descumpriram decisões judiciais que determinam a prestação do serviço à população.

A Polícia Militar esteve presente nas garagens das empresas do transporte coletivo metropolitano para fazer a escolta dos veículos e garantir a circulação dos ônibus. O trabalho seguirá sendo realizado para manter o serviço de transporte coletivo da capital e da Região Metropolitana de Aracaju sendo prestado à população.

O ex-vereador Adriano Oliveira aparece num vídeo conversando com os trabalhadores e combinando como deve ser feito o protesto. No vídeo, Oliveira pede que a manifestação ocorra sem vandalismo e diz que já está providenciando um carro de som.

Ontem o  F5 News conversou com ex-vereador que negou as acusações e disse que apenas deu apoio aos trabalhadores quando foi solicitado e orientou que a manifestação ocorresse de forma civilizada.

Por F5 News

https://youtu.be/3mQkZ6iexTQ

1 COMMENT

Deixe uma resposta