Semana passada estive no Caps Jael Patrício, unidade de saúde que foi TERCEIRIZADA. (Não foi a primeira unidade de saúde que fiscalizei)

De forma cordial me apresentei aos responsáveis pela unidade que logo me orientaram como devia proceder, inclusive me oferecendo uma roupa específica. A fiscalização foi interrompida por ordem superior. Sem nenhuma objeção agradeci e fui embora.

Agora, pasmem audiência! Logo depois a @prefaracaju enviou uma nota para a imprensa dizendo que eu teria invadido o local. Mas como eu invadi se foi tudo na base da educação e do diálogo? (Ainda bem que tudo foi gravado em vídeo)

Deixe uma resposta