Gari encontrou criança embaixo de ponte — Foto: Reprodução/TV Sergipe

O bebê que foi abandonado pela mãe debaixo de uma ponte em Aracaju, no dia 26 de dezembro, já está em um abrigo na capital. De acordo com o Conselho tutelar, a criança teve alta na última sexta-feira (15). Segundo a conselheira Letícia Feitosa, a expectativa agora é sobre a decisão da juíza da 16ª vara que vai determinar se o bebê vai para adoção ou para a casa de algum parente.

Ainda de acordo com ela, a mãe do bebê tem mais dois filhos, um mora com o avô paterno e o outro com o avô materno. O avô materno do bebê demonstrou interesse em ficar com ele. A mãe da criança está usando tornozeleira eletrônica e está morando com parentes por conta das ameaças que estava sofrendo por parte dos vizinhos na região onde residia.

Segundo Leticia Feitosa, a parte que cabia ao conselho, ou seja, aplicar as medidas protetivas não só em relação ao bebê, mas também aos outros dois filhos, e informar ao judiciário a situação, encerrou-se com a ida do bebê para o abrigo. A conselheira disse ainda que, na semana que vem, deve ir até o abrigo levar algumas doações que recebeu para o bebê.

A Justiça ainda vai definir se a criança ficará com um familiar ou se vai ser colocada para adoção.

Entenda o caso

A Polícia Militar explicou que um gari ouviu um choro e, inicialmente, achou que se tratava de um gato, mas ao se aproximar percebeu que era um bebê. Ele informou que o local onde a criança estava foi apontado por um carroceiro que também ouviu o barulho.

“Fui pegar a bolsa e caiu a criança. Eu fiquei até sem palavras, todo mundo ficou mudo”, disse o gari, Edson de Góis, ao explicar sua reação ao suspender a sacola e encontrar o bebê. Moradores da região acolheram a criança deram banho, roupa e conseguiram leite materno para alimentá-lo, enquanto equipes de socorro chegavam ao local.

A mãe do bebê chegou a ser presa, mas teve a prisão convertida em prisão domiciliar por precisar cuidar de outros filhos.

Por: G1Sergipe

Deixe uma resposta