Representantes de entidades sindicais fizeram nesta sexta-feira(29) uma manifestação em frente a agências do Banco do Brasil em Aracaju. A medida visa pressionar o governo federal para que desista da decisão de fechar 361 agências bancárias e pontos de atendimento em todo o país.

De acordo com sindicalistas, em Sergipe, serão fechadas unidades na capital e no interior. Na capital devem ser desativadas a agência que fica no Bairro Siqueira Campos e o ponto de atendimento que fica no prédio do TRT.

Em nota, o Banco do Brasil informou que , no último dia 11, anunciou o conjunto de ações que buscam adequar a rede de agências ao aumento do comportamento digital de seus clientes e à necessidade de ampliar o atendimento especializado, especialmente o voltado ao agronegócios, que contará com mais 14 agências exclusivas e novos 276 gerentes de atendimento dedicados.

De acordo com o Banco do Brasil, as ações também buscam aumentar a eficiência nas atividades da empresa, garantindo a sustentabilidade dos negócios. Ainda segundo o Banco do Brasil, a adesão aos programas de desligamento incentivado oferecidos pelo BB é de caráter totalmente voluntário.

Fonte: G1Sergipe

Deixe uma resposta