Maria Laura, chamada por seus pais e por todos que já conhece de Laurinha, tem apenas dois anos e vive no município de São Miguel do Aleixo, na região Agreste do estado. Ela nasceu com uma síndrome rara, a Acrocefalossindactilia, que acomete um a cada 160 mil nascidos e que tem como principal consequência o desenvolvimento anormal da caixa craniana dos bebês, além de outros problemas.

Os pais de Laurinha agora lutam para conseguir realizar uma cirurgia para que a filha consiga ter uma vida mais confortável e menos dolorosa. Uma campanha de mobilização iniciada pelo site Itnet Notícias e uma corrente de solidariedade está sendo criada para que seja arrecadado o dinheiro necessário para o procedimento.

A cirurgia chamada Cranioestenose é realizada em São Paulo e custa R$ 90 mil. Esse tipo de procedimento possibilita a melhoria no desenvolvimento da criança, evita algumas dores, e deve conter problemas de visão, mas não é realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Cerca de R$ 25 mil já foram arrecadados pela família de Laurinha até o momento. Para ajudar, você pode realizar uma doação através do depósito em uma das duas contas bancárias em nome do pai de Laurinha. Outra forma de contribuir com a doação é através da vakinha virtual.

Para quem quiser entrar em contato com Tainá, mãe de Laurinha, para ajudar de alguma outra forma, o número é (79) 99908-7814.

Confira as contas:
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência: 4470
Operação: 013
Conta Poupança: 00000432-3
CPF: 036.382.645-99
HELDER SANTANA DE MENDONÇA

BANESE
Agência: 021
Conta Corrente: 01006718-6
Conta Poupança
HELDER SANTANA DE MENDONÇA

Deixe uma resposta