Nesta quarta-feira (3), policiais civis da Delegacia Regional de Lagarto, com o apoio da equipe da 8ª Delegacia Metropolitana, efetuaram a prisão preventiva de um homem de 26 anos, suspeito pela prática de dois roubos e uma tentativa de homicídio ocorrida em novembro do ano de 2019, na cidade de Lagarto. Na ação criminosa, uma vítima ficou gravemente ferida, quando foi atingida por um disparo de arma de fogo que a atingiu no olho. Clique aqui e relembre a matéria publicada no Lagarto Como eu Vejo na época.

Segundo a delegada regional de Lagarto, Michele Araújo, as investigações foram complexas e demandaram diversas diligências policiais. “Nós coletamos diversas imagens de câmeras de segurança na cidade, que flagraram toda a ação. Os criminosos agiram com extrema violência e praticaram diversos crimes na cidade de Lagarto. Primeiro eles roubaram um carro e, quando estavam saindo, um deles, que conforme as investigações teria sido o suspeito que foi preso hoje, atirou em uma mulher que estava em um mototáxi do outro lado da via, sem envolvimento nenhum com o roubo. Após isso, bateram o carro roubado em um poste e seguiram para outra localidade, onde roubaram outro carro. Na fuga, capotaram o veículo e fugiram no carro de apoio que estavam utilizando”, explicou a delegada.

A mulher que estava do outro lado da via foi atingida no olho e permaneceu internada por vários dias no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). A vítima ficou com diversas sequelas, entre elas a perda da visão em um dos olhos e permanece com o projétil alojado na cabeça. Com base nas evidências coletadas e atendendo a pedido formulado pela Polícia Civil, a justiça decretou a prisão do suspeito identificado. As diligências seguem para a identificação dos demais envolvidos nesses crimes e qualquer informação pode ser repassada pelo disque denúncia (181).

Por: Lagarto como eu vejo

Deixe uma resposta