Animal tinha cerca de 1,76 metros de comprimento e estava saudável.

Bombeiros ajudaram a devolver o animal ao mar — Foto: Divulgação/Visão Ambiental

Um golfinho-clímene, da espécie Stenella clymene, com cerca de 1,76 metros de comprimento, encalhou duas vezes esta semana em Sergipe — primeiro no município da Barra dos Coqueiros e depois em Itaporanga.

O animal está sendo monitorado pela empresa Visão Ambiental, que o resgatou na terça-feira (23) e nessa quarta (24), com ajuda do Corpo de Bombeiros Militar do estado. Durante a primeira noite, ele ficou em uma base de observação, mas como apresentou bom estado de saúde, foi devolvido ao mar. No dia seguinte, voltou a encalhar, foi novamente resgatado e colocado na água.

As equipes monitoraram a região até a manhã desta quinta (25) e o golfinho não reapareceu.

De acordo com a empresa, o animal é típico da região oceânica, mas às vezes é avistado na costa. Como ele é jovem e estava saudável, sem apresentar qualquer problema físico, não foi possível descobrir o que o trouxe, mas uma hipótese é que tenha se perdido do bando.

Golfinho durante estadia no centro de observação — Foto: Divulgação/Visão Ambiental

Ainda segundo a Visão Ambiental, a realização do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia Sergipe-Alagoas/PMP-SEAL, é uma medida de avaliação de impactos ambientais exigida pelo licenciamento ambiental federal conduzido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Por G1 SE

Deixe uma resposta