Os setores de ortopedia e sutura do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) foram muito movimentados neste final de semana, 12 a 14. Foram registrados 147 atendimentos às vítimas com algum tipo de trauma e que necessitam de maiores cuidados médicos. Dos 286 atendimentos realizados pelo pronto socorro, 47 deles precisaram de internação ou ficaram em observação para nova reavaliação e exames. Já os setores do otorrino e oftalmo totalizaram 30 atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, as pessoas ainda insistem em não tomarem os cuidados necessários para se protegerem e acabam se envolvendo em acidentes e alguns com casos mais graves e que necessitam de internamento e maior tempo dentro do hospital. “O decreto é bem claro e as pessoas devem cumpri-lo à risca. Estamos em uma pandemia séria e os leitos devem estar disponíveis para os casos que por ventura cheguem para atendimento da Covid-19. Evitar aglomerações e festinhas privadas, além de se proteger com o uso da máscara e do álcool gel fazem toda a diferença”, explicou a coordenadora do Pronto Socorro do hospital, Débora Feitosa.

Para se ter uma ideia, na área azul do hospital foram registrados 80 pacientes. Foram contabilizados nesse período 5 vítimas por acidente automobilístico, 29 vítimas por acidente motociclístico, 13 vítimas por corpo estranho em olho, nariz ou ouvido, 26 vítimas por queda, 3 vítimas por arma branca e 8 vítimas por arma de fogo.

O Hospital Pediátrico Dr. José Machado de Souza, também localizado no Hospital João Alves, registrou 21 atendimentos aos pequenos pacientes nos mais diversos diagnósticos.

fonte: ASN

Deixe uma resposta