O caso ocorreu no domingo (21), após o presidiário tomar a pistola de um dos agentes. Outro policial e o interno morreram.

Recebeu alta de um hospital em Aracaju, nesta quinta-feira (25), o policial penal baleado durante uma confusão com um interno no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão. O caso ocorreu no domingo (21) e vitimou o agente Deyvickson Santos Hipólito e o presidiário.

De acordo com a Secretaria de Justiça, Trabalho e Defesa do Consumidor (Sejuc), o interno e o policial que morreu estavam na área externa dos pavilhões, acompanhados por um grupo de policiais penais, quando o presidiário conseguiu tomar a pistola de Deyvickson. Ele e o colega de farda foram baleados. Em seguida, o grupo de policiais reagiu e atingiu o interno.

Todos foram socorridos e levados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas apenas um policial resistiu. O corpo de Deyvickson Hipólito foi sepultado na segunda (22), em Riachuelo. Ela deixou esposa e um filho.

Por G1 Sergipe

Deixe uma resposta