Rodrigo Rocha (Foto: reprodução)

O empresário Rodrigo Dantas dos Santos, conhecido como Rodrigo Rocha, obteve o benefício de cumprir prisão domiciliar. Ele foi preso no dia 23 de abril a acusado de assassinar com vários tiros na cabeça o próprio funcionário, identificado como Jorge Alexandre Souza Santana, de 28 anos, no dia 23 de janeiro de 2020.

O empresáriohavia sido preso no estado de São Paulo, próximo ao rancho onde se refugiava. Sua prisão foi articulada através de uma operação policial que contou com o apoio da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

A decisão para o cumprimento da prisão domiciliar foi expedido na manhã deste domingo (4), pelo desembargador Alberto Romeu Gouveia Leite.

Em sua decisão, o desembargador diz que “pelas razões anteriormente expostas defiro a liminar requerida a fim de que seja expedido mandado de prisão domiciliar com monitoramento eletrônico a favor do paciente Rodrigo Dantas dos Santos que só poderá se ausentar de sua residência em caso de consultas médicas ou por ordem judicial sob pena da revogação da presente medida está o paciente obrigado a informar mensalmente através de atestado médico às suas condições clínicas e a comparecer em igual período em juízo para informar e justificar suas atividades bem como quando for chamado para comparecer a atos processuais devendo o laborar para regular andamento do incidente de insanidade mental encontrando-se os autos devidamente instruídos encaminhe-se os autos e um continente a procuradoria da justiça”.

por LagartoComoEuVejo.com.br

Saiba mais:

1 COMMENT

Deixe uma resposta