Anuncie aqui no Isto é Aracaju

POLÍCIA CIVIL PRENDE AUTOR DE LATROCÍNIO CONTRA MOTORISTA DE ÔNIBUS EM ARACAJU

Photo of author

Por Isto é Aracaju

A vítima foi encontrada sem vida no prédio em que morava, no bairro Japãozinho

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), cumpriu, na manhã desta sexta-feira (30), um mandado de prisão de um homem de 22 anos, suspeito da prática de latrocínio contra o motorista de ônibus José Wellington Santos. Ele foi encontrado sem vida na noite do dia 14 de dezembro de 2020, no próprio apartamento, no bairro Japãozinho, zona norte de Aracaju.

De acordo com a delegada Juliana Alcoforado, as investigações foram iniciadas logo após o crime e convergiram para uma dupla formada por um vendedor ambulante de 22 anos e para um adolescente, residente em Aquidabã, que já frequentava a casa da vítima. O motorista de ônibus foi encontrado no próprio apartamento.

“Alguns dias após o crime, a família entrou no apartamento no qual ele residia e o encontrou falecido e o corpo já em estado avançado de putrefação. A vítima estava desaparecida, inclusive estava ausente no trabalho, quando os familiares foram surpreendidos com a trágica notícia”, detalhou.

Juliana Alcoforado também destacou que a vítima já tinha recebido o adolescente em sua casa anteriormente. “O DHPP esteve presente desde os primeiros momentos na coleta de dados no local do crime. O adolescente conhecia a vítima de festas que frequentava em Nossa Senhora do Socorro, inclusive já havia frequentado o apartamento outras vezes”, citou.

Ainda conforme a delegada, o adolescente e o homem de 22 anos decidiram, em conjunto, praticar o crime. “Dessa vez, o adolescente convidou o adulto para executar o crime. Eles decidiram saquear a casa da vítima e a deixaram morta.  As câmeras do prédio captaram o momento em que a dupla adentrou o recinto”, complementou.

O DHPP chegou à identificação dos suspeitos durante o procedimento investigativo. Juliana Alcoforado enfatizou que ambos confessaram o crime. “O rapaz de 22 anos foi ouvido, confessou a prática delitiva e está preso preventivamente. O adolescente foi encontrado com a motocicleta da vítima, confessou o ato infracional e aguarda decisão judicial”, finalizou.

Deixe um comentário