Pessoas de 59 anos sem comorbidades podem se vacinar contra a Covid-19 a partir desta segunda em Aracaju

Photo of author

Por Isto é Aracaju

A vacinação das pessoas com deficiência permanente grave (auditiva, visual, motora e mental), sem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também foi ampliada para os que têm a partir de 57 anos.

A partir desta segunda-feira (31) pessoas de 59 anos, sem comorbidades que moram em Aracaju e que nasceram entre janeiro a abril, podem se vacinar contra a Covid-19.

A imunização também segue sendo feita em profissionais da educação que atuam em creches, pré-escolas e no 1º e 2º ano do ensino fundamental, além de trabalhadores do transporte, da segurança, e pessoas com comorbidades e deficiências.

Para alguns públicos, foi divulgado um calendário que abrange pessoas de até 18 anos [veja abaixo].

Pessoas sem comorbidades podem ser vacinadas em um dos 10 pontos fixos. São eles: UBS João Augusto Barreto (bairro Japãozinho); UBS Augusto Franco (bairro Farolândia); UBS Santa Terezinha (Zona de Expansão); UBS Marx de Carvalho (bairro Ponto Novo); UBS Adel Nunes (bairro América); CRAS João de Oliveira Sobral (bairro Santos Dumont); UBS Manoel de Souza Pereira (bairro Jabotiana); UBS Hugo Gurgel (bairro Coroa do Meio); UBS Cândida Alves (rua São João); e UBS Edézio Vieira de Melo (bairro Siqueira Campos). Também será possível receber a vacina no drive-thru, que fica no no Parque Governador Augusto Franco (Sementeira), após cadastro no VacinAju e emissão de código.

A vacinação das pessoas com deficiência permanente grave (auditiva, visual, motora e mental), sem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), ocorre no drive-thru, após cadastro e emissão do código, no drive-thru ou nos dez pontos fixos acima.

Profissionais da educação e rodoviários, devem se cadastrar no portal e apresentar comprovante de vínculo com a instituição ou empresa na qual trabalha, RG, CPF e comprovante de residência. Com o código validado em mãos, poderão se dirigir aos seguintes pontos: UBS Francisco Fonseca (bairro 18 do Forte); UBS Oswaldo de Souza (bairro Getúlio Vargas); UBS José Calumby (bairro Bugio); UBS Amélia Leite (bairro Suíssa); e Colégio CCPA (bairro Grageru).

Pessoas com comorbidades (incluindo grávidas, puérperas e pessoas com deficiência permanente), profissionais de saúde e das forças de segurança e de salvamento poderão receber a primeira dose da Pfizer nas unidades Básicas de Saúde Hugo Gurgel, Adel Nunes, Manuel de Souza, Edézio Vieira de Melo, Santa Terezinha, Quadra do colégio CCPA e no auditório anexo à Escola Municipal Presidente Vargas estarão vacinando esses públicos de 8h às 16h, mediante apresentação de código.

Deixe um comentário