Primeiro semestre em Sergipe teve 118 batidas de veículos em postes

Photo of author

Por Isto é Aracaju

O custo da substituição de cada poste é em média de R$ 5,8 mil, cobrado ao infrator/condutor do veículo. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira (13), pela Energisa.

Colisão na Avenida Euclides Figueiredo em Aracaju este ano — Foto: Divulgação/SMTT/Arquivo

No primeiro semestre deste ano, foram registradas 118 batidas de veículos em postes em Sergipe. O número é menor em relação ao mesmo período do ano passado, com 141 ocorrências. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira (13), pela Energisa.

Aracaju lidera o ranking com 26 ocorrências registradas no primeiro semestre deste ano, seguido dos municípios de Lagarto (9) e Itabaiana (7) e Itaporanga DAjuda (7).

De acordo com a Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), 15 pessoas ficaram feridas em acidentes deste tipo na Grande Aracaju.

A batida de veículos em postes pode gerar vítimas fatais, além da interrupção de energia elétrica em residências, escolas, comércios e hospitais, e comprometimento do trânsito. O tempo médio para atendimento de uma ocorrência de poste atingido é de seis horas, segundo a empresa.

O custo da substituição de cada poste é de cerca de R$ 5,8 mil, cobrado ao infrator/condutor do veículo causador do sinistro.

Em caso de batida em poste, as orientações são:

  • Evitar sair do veículo, por risco de choque elétrico pelos cabos do poste;
  • Acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros e a companhia elétrica;
  • Quem prestar socorro, deve também ficar afastado.

Serviço

O Corpo de Bombeiros pode ser acionado pelo 193, o Samu pelo 192. Já a Energisa pode ser acionada pelo 0800 079 0196 e WhatsApp (79) 8101- 0715.

Por G1 SE

Acompanhe também o Isto é Aracaju no Instagram, Facebook e no Twitter

Deixe um comentário