Cadastramento para castração gratuita de animais é realizado pela prefeitura de Aracaju; veja como fazer

O serviço é ofertado pelo Centro de Controle de Zoonose, mas os tutores precisam atender alguns critérios para ter acesso.

Cachorro — Foto: Pedro Ribas/SMCS/Arquivo

Um cadastramento ‘online’ para castração de cães e gatos está sendo realizado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Aracaju. O serviço é ofertado gratuitamente pelo Centro de Controle de Zoonose (CCZ), mas os tutores precisam atender alguns critérios para ter acesso.

Os responsáveis devem ter renda de até 1,5 salário mínimo e poderão cadastrar até cinco animais, com idades entre 4 meses e 8 anos. Animais comunitários, que vivem em locais públicos, poderão ser esterilizados, desde que alguém se responsabilize e tenha um lar temporário para a recuperação pós-cirúrgica, assim como também as ONGs, projetos e protetores independentes.

Cadastro

O cadastro deve ser feito no link, anexando carteira de identidade e os comprovantes de renda e residência em Aracaju. No caso das ONGs, será necessário ter CNPJ, comprovante de endereço e documento de identificação do responsável.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (79) 3179 – 3564, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h.

Castração

O procedimento cirúrgico previne doenças, como câncer de próstata, de útero e mama, reduz a agressividade e, ainda, diminui a demarcação de território.

Em 2021, foram realizadas 613 castrações e este ano já foram realizadas 222 castrações, sendo 205 felinos e 17 caninos.

Segundo a veterinária e gerente do Centro de Controle de Zoonoses, Marina Sena, o cadastramento é o primeiro passo do processo de castração. Em seguida, o animal precisa passar por uma avaliação médica, com a realização de exames que atestarão se ele realmente tem condições de ser castrado.

“Após a castração, o animal também precisa de cuidados básicos como fazer os curativos no local da cirurgia e administrar de maneira correta os medicamentos prescritos (antibiótico e anti-inflamatório). Após o prazo de 15 dias, é feita a retirada dos pontos, que pode ser feita aqui no CCZ. Antes desse período orientamos para que as fêmeas usem uma roupinha para evitar contato com os pontos, e para os cães orientamos a utilização do colar elisabetano para evitar lamber o local da cirurgia”, orienta.

Publicidade

Empregue-SE

Deixe uma resposta