Canal WhatsApp Isto é Aracaju

O grupo suspeito envolvido na morte do torcedor em Aracaju pode responder por homicídio qualificado

Photo of author

Por Isto é Aracaju

Kaio Vinicius Alves de Araújo foi espancado no dia do jogo entre o Sergipe e Confiança e morreu nesta quinta (8)

O grupo suspeito de espancar e matar Kaio Vinicius Alves de Araújo, durante a confusão no dia do jogo entre Confiança e Sergipe, em Aracaju, poderá responder homicídio qualificado. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (8), pela Secretaria do Estado de Segurança Pública (SSP/SE).

Conforme o delegado da Polícia Civil, Thiago Leandro, o crime estava sendo tratado como tentativa de homicídio, mas, com o falecimento de Kaio Vinicius confirmado na manhã de hoje, a classificação mudou para homicídio qualificado.

“Estamos em diligência para podermos dar uma reposta rápida para a sociedade sobre esse crime cometido por grupos criminosos, que se dizem torcida organizada”, afirmou o delegado.

Ainda, a SSP informou que o indiciamento não é uniforme para todos, cada um dos envolvidos responderão de acordo com os atos praticados.

Homicídios qualificados são aqueles cometidos contra menor de 14 anos ou por motivo fútil, como, por exemplo, traição e emboscadas ou, ainda, mediante promessa de recompensa, dentre outras razões.

Relembre o caso

No último domingo (4), Kaio Vinicius, torcedor do Confiança, foi espancado por um grupo de torcedores do Sergipe no Terminal DIA, em Aracaju, horas antes do jogo. Ele ficou gravemente ferido, após ser golpeado na cabeça com um extintor. Kaio Vinicius estava internado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), desde o dia da agressão, e entrou coma na segunda-feira (5). Porém, a vítima sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Por Isto é Aracaju

 Clique aqui para seguir o novo canal do Isto é Aracaju no WhatsApp

Deixe um comentário