Canal WhatsApp Isto é Aracaju

PMA remove motorhomes e trailers da Orla de Atalaia

Photo of author

Por Isto é Aracaju

Orla de Aracaju
Área na qual ficavam os motorhomes e trailers está localizada na Orla de Atalaia (Foto: Marcelle Cristinne)

Veículos como motorhomes e trailers que ocupavam uma área de estacionamento da praia do Havaizinho,  na Orla de Atalaia, em Aracaju, foram retirados do local nesta segunda-feira, 1º, por determinação da Prefeitura Municipal de Aracaju. O órgão informou que cerca de 50 proprietários foram notificados devido à ocupação irregular do espaço público.

De acordo com a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), a remoção dos veículos, que vem sendo discutida há cerca de dois anos, se dá pela ocupação irregular. “Durante todo esse processo, a empresa municipal manteve o diálogo com os condutores na tentativa de buscar uma solução”, afirmou o órgão em nota.

Diante da situação, os condutores usaram a imprensa para reivindicar um espaço próprio, mas, conforme a Emsurb, nenhuma sugestão de projeto foi apresentada até o momento. “Nas reuniões que eles participaram com o presidente Bruno Moraes foi pedido alguma sugestão deles e algum tipo de projeto, mas eles não apresentaram nada até agora”, explicou a Emsurb.

Ainda segundo a Emsurb, alguns condutores fizeram do espaço sua moradia permanente, o que é ilegal conforme regulamenta o Termo de Adesão à Gestão das Praias (TAGP). Além disso, conforme o órgão, resíduos sólidos e de esgoto estavam sendo despejados de forma incorreta nas redes de drenagem pluvial, prejudicando o meio ambiente.

A Emsurb disse ainda que também foram recebidas diversas denúncias de outras irregularidades. Alguns exemplos são o furto de energia e água a partir de ligações clandestinas, que foram constatadas por equipes de fiscalização da empresa e documentadas com fotos e vídeos, e situações de vandalismo em locais públicos.

Com informações da Emsurb

Acompanhe também o “Isto é Aracaju” nos seguintes canais: WhatsApp, Instagram, Facebook, X Antigo, Twitter e YouTube.

Deixe um comentário