Segundo a Secretaria de Segurança Pública, após a decisão, ele foi levado para um presídio.

A Justiça decretou prisão preventiva para o homem de 64 anos suspeito de estupro contra quatro netas e uma enteada em Aracaju. A decisão ocorreu durante audiência de custódia realizada nessa quinta-feira (25).

O homem havia sido preso no dia anterior pela Delegacia de Atendimento a Criança e Adolescente Vítimas (Deacav). Segundo a Secretaria de Segurança Pública, após a determinação de prisão preventiva, ele foi levado para um presídio do estado.

De acordo com a delegada Josefa Valéria, responsável pelo caso, a informação era de que o idoso praticava abuso contra uma das netas de sete anos, mas no decorrer da investigação foram encontrados indícios de que ele havia cometido o crime contra outras três netas e contra a mãe delas, que é sua enteada.

Ainda segundo a delegada, as vítimas tinham medo de denunciar porque eram ameaçadas e não tinham apoio da avó. Outros detalhes sobre o caso não foram divulgados para evitar a identificação das vítimas.

Por G1 SE

Deixe uma resposta